Posts

Benefícios das frutas cítricas

As frutas cítricas, como a laranja ou o abacaxi, promovem benefícios, principalmente, para formação e manutenção da saúde das células de todo corpo. As frutas cítricas são ricas em vitamina C, que é um componente essencial na formação do colágeno, por exemplo, uma proteína que dá elasticidade e firmeza à pele.

As frutas cítricas também fortalecem o sistema imune, são importantes para evitar doenças, como o escorbuto, e para aumentar a absorção de ferro, ajudando assim a combater a anemia.

Outros benefícios das frutas cítricas envolvem:

  • Manter uma pele bonita e saudável;
  • Ajudar a emagrecer, por terem poucas calorias;
  • Diminuir a prisão de ventre, pois são ricas em fibras;
  • Melhorar a hidratação do organismo, por serem ricas em água.

Apesar de todos os benefícios das frutas cítricas, quem tem inflamações do esôfago deve evitar essas frutas, pois podem agravar a dor. Quem tem esse problema pode optar por alimentos com menos quantidade de vitamina C, como abacate, damasco, abóbora ou abobrinha, por exemplo, para conseguir ter a quantidade necessária ao organismo de vitamina C, sem prejudicar a inflamação do esôfago.

Lista de frutas cítricas

As frutas cítricas são todas aquelas que têm uma elevada quantidade de ácido ascórbico, que é a vitamina C e que é responsável pelo sabor ácido dessas frutas. Alguns exemplos de frutas cítricas são:

  • Laranja,
  • Tangerina,
  • Limão,
  • Lima,
  • Morango,
  • Kiwi.

Uma porção de 100 g de morangos ou 1 copo de suco de laranja natural por dia, por exemplo, é suficiente para atingir a necessidade diária de vitamina C pelo organismo, que para um adulto saudável é de 60 mg.

Veja uma lista completa dos alimentos ricos em vitamina C: Alimentos ricos em vitamina C

A melhor forma de comer as frutas cítricas é ao natural, sem nenhum processamento, porque a vitamina C se estraga com a luz, ar e o calor. Os sucos de frutas cítricas devem ser colocados na geladeira em uma jarra escura e tampada, por exemplo, para evitar que a vitamina C se estrague. Os bolos com frutas cítricas, como bolo de laranja, já não têm vitamina C porque ao ir ao forno o calor destrói a vitamina.

Frutas cítricas na gravidez e amamentação

As frutas cítricas na gravidez e na amamentação ajudam a mulher a ingerir a quantidade necessária de vitamina C para o organismo, que é mais elevada durante a gravidez e amamentação.

A mulher grávida necessita de 85 mg de vitamina C por dia e a lactante 120 mg diárias, que são quantidades facilmente atingidas com 2 porções de frutas cítricas de 100 g, como laranja e kiwi, por exemplo.

Como as frutas cítricas têm fibras, podem provocar desconforto abdominal no bebê. Se a mãe verificar alterações no bebê quando come frutas cítricas, pode optar por outros alimentos fontes de vitamina C, como a banana e a cenoura, por exemplo.

Fonte: Portal Tua Saude

Culinária japonesa: Descubra 5 benefícios dessa gastronomia voltada à saúde!

1 – Ação antioxidante: A planta Camellia Sinensis dá origem ao chá verde, assim como ao chá branco e ao vermelho. A bebida é muito consumida pelos japoneses e é extremamente benéfica para o nosso organismo. “Possui uma quantidade bastante interessante de catequinas, que são compostos fitoquímicos da planta que apresentam capacidade de auxiliar na eliminação de toxinas, o chá também possui ação antioxidante”, analisa a nutricionista.

2 – Rica em proteínas: A culinária japonesa utiliza a soja, porém, sempre após a fermentação (molho de soja, o shoyu, tofu, missô). “A soja auxilia na redução de compostos anti-nutricionais, além disso, é uma boa fonte proteica para o organismo”, indica Caroline.

3 – Boa para digestão: O uso de condimentos picantes como o gengibre e o wasabi que estimulam a digestão especialmente quando consomem o peixe cru. “O chamado equilíbrio entre os alimentos frios (crus) e quentes (condimentos picantes), contribui para o melhor equilíbrio das refeições japonesas”, completa a profissional.

4 – Favorece o emagrecimento: Presente nos sushis, temakis, a alga é um vegetal marinho rico em vitaminas e minerais que ajudam a acelerar o metabolismo e auxiliam na perda de peso. “As algas são excelente fontes de iodo, que pode ser bastante benéfico para pacientes com hipotireoidismo”, ressalta a especialista.

5 – Melhora a saúde cardiovascular: Os peixes consumidos pelos japoneses são ricos em ômega 3, um ácido-graxo essencial para manter o nosso coração saudável e livre de doenças como derrame, AVC e infarto, por exemplo. Além disso, essa substância ajuda a otimizar as nossas funções cerebrais, prevenindo o Mal de Alzheimer e potencializando a nossa memória e concentração.

Fonte: Portal Conquiste sua Vida

Os benefícios do café para a sua saúde

O hábito de tomar café, desde que em doses moderadas (de 4 a 5 xícaras de 50 ml por dia), não oferece riscos ao organismo, muito pelo contrário, proporciona diversos benefícios. Entre os motivos está sua riqueza nutricional, com destaque não apenas para a cafeína, famosa por seu efeito estimulante, mas também pela alta concentração de polifenóis – antioxidantes que impedem, ou ao menos diminuem, a ação dos radicais livres, que prejudicam o equilíbrio celular. Segundo recentes descobertas científicas, o café tem diversas propriedades que contribuem para a prevenção de doenças e promoção do bem-estar. Confira a seguir:

Acelera o metabolismo e queima calorias

Segundo o endocrinologista Filippo Pedrinola, membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (Sbem) e da Sociedade Americana de Endocrinologia, a cafeína é uma das poucas substâncias naturais que ajudam a queimar calorias. “Outros estudos mostram que ela pode aumentar especificamente a queima de gordura por meio da ativação do sistema nervoso simpático e oxidação lipídica. A substância aumenta os níveis de adrenalina no sangue, e este hormônio quebra as células de gordura, liberando-as no sangue como ácidos graxos livres que atuam como combustível e, portanto, melhoram a performance nas atividades físicas, conforme o estudo publicado no International Journal of Sports Nutrition e no Scandinavian Journal of Medicine and Science in Sports”, ressalta o especialista.

Aumenta a expectativa de vida

Uma ampla pesquisa sobre a relação entre o consumo de café e a longevidadefoi realizada por especialistas da Iarc (International Agency for Research on Cancer) e do Imperial College de Londres. Os pesquisadores descobriram que o grupo que consumia a bebida diariamente estava associado a um risco menor de morte por qualquer causa – principalmente por doenças dos sistemas circulatório e digestivo.

Diminui o risco de depressão

De acordo com os cientistas da Harvard School of Public Health, este efeito de antidepressivo natural se deve ao estímulo que a cafeína causa no sistema nervoso central, capaz de aumentar a produção dos neurotransmissores cerebrais como noradrenalina, dopamina e serotonina – os hormônios responsáveis pela sensação de bem-estar.

Fortalece a memória

Estudos realizados na Universidade Johns Hopkins concluíram que duas xícaras diárias de café podem trazer benefícios incríveis para a memória. Observou-se que os voluntários que tomaram cápsulas de cafeína tiveram um melhor desempenho nos experimentos de memória do que os que ingeriram placebo, levando os cientistas a concluírem que a cafeína tem um efeito positivo em nossa memória de longo prazo, tornando-a mais resistente ao esquecimento.

Garante mais atenção ao volante

A cafeína diminui a possibilidade de se envolver em acidentes de trânsito, já que melhora a atenção e o estado de alerta e afasta o sono. É o que diz uma pesquisa realizada pela The George Institute, da Universidade de Sydney. De acordo com o estudo, os motoristas que consumiam a substância eram 63% menos propensos a causar um acidente do que aqueles que não a ingeriam.

Fortalece o coração

Essa é a conclusão dos pesquisadores da Escola de Saúde Pública de Harvard(HSPH), que constataram que beber uma ou duas xícaras de café diariamente pode ajudar a proteger contra a insuficiência cardíaca em até 11%. Os benefícios protetores do café parecem atingir o pico no consumo de 4 xícaras por dia e diminuem lentamente à medida que mais bebida é consumida.

Diminui o diabetes

O consumo do café está associado a uma menor incidência de diabetes mellitus tipo 2, de acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes. A maior pesquisa sobre o tema aferiu uma redução no risco da doença em até 35%. O consumo de 2 xícaras da bebida por dia já apresentou benefícios e, conforme se aumentou a ingestão (até 6 xícaras), menor foi a incidência. Tudo indica que as propriedades antioxidantes do café podem trazer benefícios para o metabolismo da glicose, desde que ingerido moderadamente.

Alivia os sintomas do mal de Parkinson

Essa excelente notícia foi anunciada por neurologistas da Universidade McGill, em Montreal, no Canadá. O estudo, publicado na revista Neurology, acompanhou um grupo de 61 pessoas com Parkinson. As pessoas que receberam suplementos de cafeína experimentaram uma melhora, principalmente em relação à velocidade de movimento e redução da rigidez, em comparação àqueles que receberam um placebo.

Protege contra o Alzheimer  

Uma pesquisa realizada pela Universidade do Sul da Flórida e da Universidade de Miami monitorou os processos de memória e pensamento de 124 pessoas com mais de 65 anos e descobriu que aqueles que tiveram níveis mais elevados de cafeína no sangue evitaram o aparecimento do Alzheimer. Além disso, o café parecia ser a principal ou única fonte de cafeína para esses indivíduos.

Para ser bom, tem que ter o Selo de Qualidade ABIC

Tomar um café quentinho é um grande prazer para quem aprecia a bebida. Mas para desfrutar de todo seu frescor, aroma e sabor, é importante verificar se na embalagem do produto há o selo de qualidade ABIC. Há 45 anos, a Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC) avalia e certifica os produtos à venda no Brasil, com foco na Pureza, na Qualidade e na Sustentabilidade do café. É esse selo que assegura a qualidade do produto final por meio de uma metodologia de análise sensorial que avalia a percepção dos aromas da bebida e seu grau de intensidade, bem como os sabores característicos e o amargor. Somente depois de serem provados e aprovados por especialistas, são classificados em uma escala que qualifica o produto nas categorias Extra Forte, Tradicional, Superior e Gourmet.

Fonte: Portal Saúde

Benefícios da carne vermelha para a saúde

Novos estudos comprovam que a carne vermelha deve fazer parte da dieta. Entre os seus benefícios, podemos citar as vitaminas, como B12, e minerais, como ferro e zinco. Por falar em proteína, a quantidade de proteínas e aminoácidos encontrados nas carnes vermelhas é bem alta, tornando-as uma grande aliada para atletas e praticantes de esportes.

Além disso, a carne vermelha é fonte de uma substância chamada mioglobulina, que auxilia no transporte de oxigênio para os músculos, o que torna essa proteína muito importante para os praticantes de atividades físicas intensas. A mioglobulina também aumenta a sensação de bem-estar.

Outra substância na qual a carne vermelha é rica é a creatina: trata-se de um composto muito importante para o organismo. Ela ajuda a restaurar a energia corporal, o que impede o cansaço após pouco esforço. A creatina também está ligada à preservação da massa muscular em idosos.

A carne vermelha também ajuda a aumentar a saciedade ao longo do dia, fazendo com que comamos menos a cada refeição.

Fonte: Portal Terra

Benefícios dos Sucos de Fruta

A hidratação a base de sucos frescos de frutas e hortaliças oferece ao nosso corpo grande parte das vitaminas, sais minerais, aminoácidos e enzimas necessárias. Além disso, os líquidos sempre são bem-vindos ao nosso organismo.

O suco ajuda nosso corpo a assimilar os valiosos nutrientes encontrados nos alimentos. Encontradas nos vegetais, frutas e hortaliças, estão as enzimas: catalisadores orgânicos que aumentam a taxa de absorção dos alimentos pelo corpo. Entretanto, essas enzimas são destruídas com o cozimento dos alimentos. É por isso que uma parte da sua dieta deve ser constituída de produtos frescos e crus. A digestão rápida e fácil desses alimentos, possibilitada pelas enzimas, vai lhe dar mais energia e saúde.

Fruta, verdura ou legume, independentemente da receita da bebida, a água é presença constante. O líquido é essencial para manter as funções vitais do organismo, pois participa de todos os processos metabólicos.

Ao introduzir sucos naturais em sua dieta diária, você perceberá melhoras em sua saúde. Entre os benefícios, o suco de fruta:

  • Melhora o desempenho físico e cardiovascular.
  • Diminui a pressão arterial.
  • Proporciona um sono com mais qualidade, mais energia e menos estresse.
  • Controla a temperatura corporal.
  • Transporta as fibras que estimulam o trabalho do intestino.
  • Auxilia no funcionamento dos rins e favorece a digestão.
  • Favorece uma pele mais bonita e viçosa, pois os líquidos ajudam a varrer as toxinas que se acumulam no organismo.
  • Melhora o sistema imunológico.
  • suco de laranja, aumenta a quantidade de substâncias benéficas diversas no organismo, fazendo com que ajude na proteção de doenças vasculares.
  • suco de abacaxi é uma rica fonte de sais minerais, potássio, fósforo, magnésio, sódio, enxofre, ferro e cálcio. Além de ser rico em vitaminas A, do complexo B, e C. Para completar, ele ajuda muito sua digestão.
  • suco de limão é um ótimo facilitador de liberação das toxinas do organismo. Seu alto teor cítrico faz com que ele tenha uma função de “detergente” em nosso estômago.
  • suco de maçã é famoso no mundo feminino, pois ele possui um poder de rejuvenescimento, além de ser fonte de pectina, ajudando a remover as toxinas do organismo.

Sempre opte pelo natural, feito da própria fruta. Em seguida o em polpa (que nada mais é do que o conteúdo da fruta, embalado e congelado). Os sucos concentrados também podem ser consumidos de vez em quando, principalmente naqueles dias de correria, em que realmente você não tem tempo para preparar o suco de fruta.

Verifique os ingredientes nas embalagens: existem marcas que possuem uma quantidade de aditivos bem menor do que outras.

É importante que os sucos sejam tomados imediatamente após o seu preparo para não haja perda de nutrientes e vitaminas.

Apesar dos sucos de frutas conter vitaminas, sais minerais e enzimas, deve-se ter cautela na quantidade, tomar no máximo um copo por dia.

Sucos de Fruta e o Emagrecimento

Deve-se ter cuidado com o açúcar naturalmente contido nas frutas, a frutose. A frutose é rapidamente metabolizada na forma de gordura, bem mais rápido e direto do que glicose, muitas vezes promovendo o armazenamento de gordura, particularmente na região abdominal.

Tomar sucos de frutas pela manhã, tido por muitos como um hábito saudável, pode aumentar os riscos de diabetes do tipo II, devido à maior quantidade de açúcar. Afinal de contas, o suco normalmente contém muito mais frutas do que se consumíssemos essas frutas em estado bruto (é muito fácil, por exemplo, um suco conter 6 laranjas; e muito difícil comer essas mesmas 6 laranjas em estado natural)

Além disso, ao fazermos um suco, separamos a fruta (fibras) de seus fluidos. Isso faz com que esse açúcar seja absorvido muito mais rapidamente, aumentando os níveis de açúcar e insulina no sangue. Então para pessoas diabéticas ou acima do peso, evite consumir sucos de fruta diariamente.

Então, sucos — apesar de serem uma opção muitas vezes saudável — devem ser considerados com muita cautela principalmente para quem quer queimar gordura ou diabéticos.

Fonte: Beleza e Saúde

Apesar de calórico, abacate ajuda a regular o colesterol.

No Brasil há mais de cem tipos de abacates, o que garante uma alta produção da fruta o ano todo. Porém, a fama de que seja engordativa faz com que não seja um sucesso de público por aqui. Isso sem contar que muitos acham que sua “gordura” pode fazer mal ao coração. Mas o abacate está longe de ser um vilão.

“O abacate possui gorduras benéficas. Se consumido de forma correta, ajuda a regular os níveis de colesterol, diminuindo o LDL, o chamado colesterol ruim”, afirma a nutricionista Daísa Pinhal da Oba Hortifruti.

O nutrólogo Carlos Alberto Werutsky, da Abran (Associação Brasileira de Nutrólogos), alerta: quem faz controle de peso precisa reduzir a ingestão de calorias. Dentro dessa proposta, o abacate pode ser um vilão, pois seu teor de gordura é alto.

“Já quem não tem restrição pode consumir a fruta diariamente, pois sua gordura é insaturada, aquela que faz bem”, conta o médico. Ele explica que o abacate tem por volta de 9 calorias/grama e que se pode consumir um pequeno ou meio por dia, desde que haja restrição de outros alimentos calóricos.

Alguns nutricionistas defendem que é melhor comer o abacate à noite, para se obter mais benefícios. Os especialistas ouvidos pelo UOL, porém, dizem que o horário da ingestão não faz diferença.

Qualidades

A nutricionista acredita que consumir um quarto da fruta por dia é suficiente para se obter os benefícios: “O abacate é rico em fibras alimentares e fonte de ácido fólico e vitamina C. Também possui carotenoides, ubstâncias antioxidantes benéficas à saúde, e gorduras insaturadas”.

Apesar de a banana levar a fama, o abacate possui um teor de potássio bem maior. Porém, a nutricionista frisa que pessoas com problemas renais devem evitar alimentos ricos deste macromineral.

Prisão de ventre, flatulências, perturbações digestivas, gota reumatismo, afecções dos rins, da pele, do fígado. Tudo isso pode ser evitado ao se consumir abacate, explica o  farmacêutico Rafael Martins Xavier.

Ele conta que as cascas da fruta são vermífugas, sendo também úteis para o tratamento de hemorragias e disenterias. Já o chá de folhas da fruta é um excelente diurético.

“Considerado uma rica fonte de folato, vitamina A e potássio, o abacate tem mais proteína que qualquer outra fruta, cerca de 2 g para cada porção de 110 g. Possui, ainda, quantidades úteis de ferro, magnésio e vitaminas C, E e B6”.

Fonte: Notícias UOL

Benefícios do salmão para a saúde

Rico em ferro, potássio, sódio, cálcio, magnésio, ômega 3 e vitaminas A, B6, B12, C e D, o salmão proporciona inúmeros benefícios para a saúde. Conheça algumas das suas ações em nosso organismo:

* Tem ação anti-inflamatória e protege contra as doenças do coração: Fonte de Ômega 3 e ácidos graxos, o salmão ajuda na redução do colesterol ruim,que provoca entupimento de artérias, retenção de líquidos, acúmulo de gordura e flacidez. Ele também ajuda a aumentar o nível do colesterol bom. A calcitonina também possui ação anti-inflamatória nas articulações.

* Faz bem para o humor e evita o envelhecimento precoce: O ômega 3 melhora o funcionamento da membrana dos neurônios e dos impulsos nervosos. As vitaminas do complexo B atuam no metabolismo destas células, e o selênio e o magnésio minimizam as chances de morte neuronal. O aminoácido triptofano estimula a formação de serotonina que é diretamente relacionada ao humor. O selênio, que tem função parecida com a vitamina E, é um antioxidante que impede a formação de radicais livres e previne o envelhecimento precoce.

* Combate diversos tipos de câncer: Estudos recentes mostraram que a Vitamina D, presente no peixe, é uma ótima aliada na prevenção do câncer de mama, próstata e câncer retal.

* Ajuda na visão: A vitamina A também presente no salmão é uma importante aliada na saúde dos olhos. O consumo dessa vitamina pode evitar alguns transtornos como o olho seco e degeneração macular.

Fonte: Revista Máxima

polvo . ícaro rio sul

Benefícios do Polvo para a Saúde

O polvo, como a maioria dos frutos do mar, é um alimento rico em ômega 3, que é muito importante para o funcionamento do sistema cardiovascular. Ele evita que se formem placas de gordura nas artérias, além de ajudar a prevenir hipertensão, derrames e até infartos.

Por conter poucas calorias, o polvo é considerada uma carne magra e muito nutritiva. Ele tem poucas gorduras, ajuda a diminuir os níveis de colesterol ruim e também os níveis de triglicerídios no organismo.

O polvo também possui benefícios para você que ama praticar esportes e exercícios físicos. Uma das características desse fruto do mar é conter muitos aminoácidos, que possuem uma importante função para o corpo: regenerar as células e os músculos, o que é essencial para quem se exercita.

E aí, vai dar uma chance para essa carne? Você pode experimentá-la em diversas pratos como na receita de camarão e polvo ao leite de coco. Agora, se você tem muita dificuldade de cozinhar essa carne ou se você nunca tentou, pode relaxar que nós damos os truques para acertar o ponto de cozimento do polvo!

Fonte: Blog Tudo Gostoso

aspargo . ícaro rio sul

As propriedades e benefícios do Aspargo

O aspargo pertence à família das Lulliaccae e é um alimento muito nutritivo que contém vitaminas do complexo B (o ácido fólico), Betacaroteno (provitamina A), além de diversos minerais, como o cálcio, o ferro e o fósforo. O aspargo é ainda uma excelente fonte de glutationa, que é um antioxidante que possui uma forte atividade anticancerígena.

Composição
Como você já deve ter observado, o aspargo é um alimento rico em nutrientes, pois contém em sua composição diversas vitaminas, fibras, e sais minerais. Além disso é pouco calórico, o que o torna um dos destaques nas dietas. O aspargo é rico em ácido fólico, betacaroteno, magnésio, manganês, fósforo, fibras e vitamina C, B e K.

Benefícios
Entre os principais benefícios do aspargo, podemos citar:

Anti-inflamatório, além de possuir um sabor delicioso, o aspargo contém nutrientes anti-inflamatórios, como saponinas e os flavonoides quercetina, rutina, laempferol e isoramnetina. Esses nutrientes ajudam a combater a artrite, asma e algumas doenças autoimunes.
Antioxidante, por possuir glutationa, o aspargo contém três aminoácidos, o ácido glumatic, glicina e cisteína. Quando esses aminoácidos são combinados em uma molécula esta serve como um agente de oxidação-redução muito poderoso para o nosso corpo. Junto com outros oxidantes o aspargo age contra os radicais livres que causam o envelhecimento e a oxidação celular.
Previne contra o câncer, por ser antioxidante e anti-inflamatório, o aspargo é muito indicado contra o câncer na bexiga, mama, cólon, pulmão, próstata, ovário e outros tipos de câncer.
Para o coração, por possuir uma vitamina do complexo B em sua composição, o aspargo traz benefícios ao coração, evitando doenças cardíacas.
Diurético, o aminoácido asparagina, encontrado nos aspargos é um ótimo diurético e tem sido muito usado para tratar inchaços, artrite, reumatismo e retenção de água causada pela TPM.
Para digestão e dieta, a inulina, um carboidrato que está presente nos aspargos, incentiva o crescimento de bifidobactérias e lactobacilos, essas bactérias aumentam a absorção dos nutrientes e diminui o risco de alergia e câncer de cólon. A fibra do aspargo estabiliza a digestão e previne a constipação, além disso é um alimento de baixa caloria.
Para os ossos, por ser rico em vitamina K, uma proteína que fortalece a composição dos ossos. O aspargo impede o acúmulo de cálcio no tecido, evitando a aterosclerose, doenças cardiovasculares e acidente vascular cerebral.
Sistema imunológico e visão, por possuir vitamina C, além de ser antioxidante, o aspargo atua no sistema imunológico, mantendo-o saudável e previne doenças oculares relacionadas à idade, como a catarata e a degeneração macular.

shitake

Benefícios do Cogumelo Shitake

Utilizado na medicina chinesa há mais de seis mil anos, o cogumelo shitake até pouco tempo era pouco conhecido dos brasileiros, mas hoje em dia é encontrado com relativa facilidade e pode ser considerado um excelente alimento para fazer parte de nossa alimentação diária. Mas para que serve o Shitake?

Além de ser um alimento de poucas calorias e rico em fibras, ainda há uma grande variedade de benefícios do cogumelo shitake para a saúde, que vão desde a perda de peso até o combate ao câncer.

Para quem já conhecia, mas ainda não sabia das propriedades do cogumelo shitake, nós listamos abaixo alguns benefícios do mesmo:

  • O cogumelo Shitake é rico em vitaminas, minerais e antioxidantes que contribuem não somente para manter a saúde como também para combater doenças;
  • É rico em selênio (mineral que contribui para a saúde dos vasos sanguíneos e ajuda a controlar o funcionamento dos hormônios da tireoide);
  • Possui Vitamina B2 – também conhecida como riboflavina, atua na produção de energia para o organismo. Cinco cogumelos por dia fornecem 16% da necessidade diária de vitamina B2;
  • Contém Niacina, ou vitamina B3, que, assim como a riboflavina, também atua na produção de energia;
  • É uma ótima fonte de Vitamina B9 (ácido fólico), nutriente essencial para gestantes;
  • Tem uma boa concentração de vitamina D (somente os cogumelos desidratados que foram expostos ao sol para secagem);
  • 75 g de shitake fornecem 70% das necessidades de cobre e 50% da ingestão diária recomendada de vitamina B5.
  • O shitake contém ainda uma boa concentração de zinco, manganês e cálcio.Fonte: Portal R7 – Mundo Boa Forma