Trocas Inteligentes: Transforme Receitas Tradicionais Em Delícias Saudáveis E Ganhe Saúde

O segredo para se aliarem saúde e boa forma é manter uma alimentação equilibrada, com cardápio saudável e variado. Mas, como manter essa qualidade da alimentação diante da correria do dia a dia? Trocas Inteligentes – Transforme Receitas Tradicionais em Delícias Saudáveis e Ganhe Saúde mostra que basta ter à mão receitas saborosas, fáceis de preparar e que sigam uma proposta simples: a troca inteligente – ou seja, receitas nas quais ingredientes pouco nutritivos ou modos de preparo não recomendáveis são substituídos por opções igualmente palatáveis e mais saudáveis.
A autora, Sonja Salles, é uma apaixonada pelo casamento da Nutrição com a Gastronomia. Nutricionista, formada há 17 anos, atua como personal diet e pratica trocas inteligentes durante o treinamento de cozinheiras, com os pacientes e alunos nos cursos de Culinária Saudável.
Para compor este livro, a autora selecionou 90 receitas ilustradas, testadas e aprovadas. Divididas em saladas, pratos principais, acompanhamentos, sopas e caldos, molhos, sugestões para as crianças e ceia de fim de ano, as receitas proporcionam uma ingestão menor de gordura saturada, colesterol, sódio, açúcares, compostos químicos (como o glutamato monossódico) e um aumento no consumo de fibras. O resultado para o consumidor são peso corporal adequado, exames laboratoriais normais e longevidade, é claro. Bom apetite, e “mãos à massa”!

Para adquiri o seu Livro clique aqui

Culinária japonesa: Descubra 5 benefícios dessa gastronomia voltada à saúde!

1 – Ação antioxidante: A planta Camellia Sinensis dá origem ao chá verde, assim como ao chá branco e ao vermelho. A bebida é muito consumida pelos japoneses e é extremamente benéfica para o nosso organismo. “Possui uma quantidade bastante interessante de catequinas, que são compostos fitoquímicos da planta que apresentam capacidade de auxiliar na eliminação de toxinas, o chá também possui ação antioxidante”, analisa a nutricionista.

2 – Rica em proteínas: A culinária japonesa utiliza a soja, porém, sempre após a fermentação (molho de soja, o shoyu, tofu, missô). “A soja auxilia na redução de compostos anti-nutricionais, além disso, é uma boa fonte proteica para o organismo”, indica Caroline.

3 – Boa para digestão: O uso de condimentos picantes como o gengibre e o wasabi que estimulam a digestão especialmente quando consomem o peixe cru. “O chamado equilíbrio entre os alimentos frios (crus) e quentes (condimentos picantes), contribui para o melhor equilíbrio das refeições japonesas”, completa a profissional.

4 – Favorece o emagrecimento: Presente nos sushis, temakis, a alga é um vegetal marinho rico em vitaminas e minerais que ajudam a acelerar o metabolismo e auxiliam na perda de peso. “As algas são excelente fontes de iodo, que pode ser bastante benéfico para pacientes com hipotireoidismo”, ressalta a especialista.

5 – Melhora a saúde cardiovascular: Os peixes consumidos pelos japoneses são ricos em ômega 3, um ácido-graxo essencial para manter o nosso coração saudável e livre de doenças como derrame, AVC e infarto, por exemplo. Além disso, essa substância ajuda a otimizar as nossas funções cerebrais, prevenindo o Mal de Alzheimer e potencializando a nossa memória e concentração.

Fonte: Portal Conquiste sua Vida